11 de fevereiro, Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência

Celebramos hoje, 11 de fevereiro, o Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência, que tem como finalidade promover a igualdade de gênero na Ciência. O CRN-4 presta sua homenagem, em especial, à nutricionista Lieselotte Ornellas, pioneira da ciência da Nutrição no Brasil reconhecida pelo CNPQ. Considerada autoridade na área, Lieselotte contribuiu durante 66 anos para o avanço do conhecimento e desenvolvimento da profissão.

Atualmente, a ONU estima que menos de 30% dos pesquisadores em áreas científicas e tecnológicas sejam mulheres. Nesta data, é importante ressaltar que as mulheres são fundamentais nas comunidades da ciência e tecnologia e essa participação precisa ser fortalecida. A falta de reconhecimento das conquistas das mulheres que contribui para o equívoco de que elas não podem atuar na ciência ou, não tão bem como os homens, é uma das diversas razões para essa desigualdade de gênero. Este cenário requer uma mudança de atitudes em que meninas precisam acreditar nelas mesmas como cientistas, exploradoras e inovadoras.

Nos próximos 15 anos, a pesquisa científica vai desempenhar um papel fundamental no monitoramento de tendências relevantes em áreas como a segurança alimentar e saúde, de acordo com a Unesco. As mulheres vão desempenhar um papel essencial na implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ao ajudar a identificar problemas globais e encontrar soluções.

0
Seja o primeiro a comentar!
Escreva aqui seu comentário...