Banquetaço na Barra defende volta do Consea

27 de fevereiro de 2019, Comentários

Sob o forte sol do verão de Salvador, nutricionistas; estudantes de Nutrição; técnicos em Nutrição e Dietética; conselheiras do CRN-5; gastrônomos; representantes de movimentos sociais; agricultores e representantes do movimento estudantil estiveram na Barra, na manhã desta quarta-feira (27), para a realização do Banquetaço – Bahia 2019. O movimento, que aconteceu em 27 capitais do país, pede a volta do Conselho Nacional de Segurança Alimentar (Consea), extinto no início do ano.

Na atividade, realizada em frente a “Casa Ninja”, na avenida Oceânica, foi organizado um ‘Sofá na rua’ onde os participantes debateram sobre a construção de políticas públicas de alimentação e nutrição, a importância da agricultura familiar para a alimentação saudável e sobre as atividades desenvolvidas pelo Consea – Conselho que tinha como competência assessorar a Presidência da República na formulação, execução e monitoramento das políticas públicas de Segurança e Soberania Alimentar e Nutricional.

Para a nutricionista Amanda Ornelas, presidente do CRN-5, a atividade representa a disposição e engajamento da categoria na luta pela garantia de acesso à alimentação pela população. “Eu quero parabenizar a todos os envolvidos na ação, em especial à Escola de Nutrição da UFBA. Isso mostra que temos muito a avançar nessa luta, principalmente na defesa do acesso à alimentação pela população”, disse.

Estiveram à frente do debate a nutricionista Sandra Chaves, professora do curso de Nutrição da Escola de Nutrição da Universidade Federal da Bahia (Enufba); Carlos Eduardo de Souza Lima, coordenador geral dos Serviços de Assessoria a Organizações Populares Rurais (Sasop); e Leomárcio Araújo, presidente do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Comsea) na cidade de Capim Grosso.

Após o debate foi montada uma mesa com alimentos orgânicos enviados por produtores rurais e cooperativas da agricultura familiar da Bahia e preparados por estudantes de Nutrição da UFBA. Populares, turistas, moradores do bairro se serviram das iguarias sob o forte sol da capital baiana.

RECONHECIMENTO

A presidente do Sindicato dos Nutricionistas do Estado da Bahia (SindNut), Celenilda Aciole, esteve no evento e falou sobre a importância do Consea para a sociedade brasileira.“Os direitos à alimentação estão sendo retirados da comunidade brasileira como se a gente fosse culpado de alguma coisa errada que ocorreu no governo, por isso é momento de discussão para que as pessoas tenham compreensão da importância desse programa. O Banquetaço é uma iniciativa muito boa das organizações aqui presentes e espero que continuem nesse processo”, declarou.

A nutricionista Viviane Oliveira, recém-formada, destacou a proximidade que o evento teve da população. “Achei muito bacana a forma de organização do evento, de realizar um debate mais próximo das pessoas. Acho que facilita o entendimento. E trazer esses alimentos orgânicos para distribuir para as pessoas é uma forma muito interessante de chamar atenção para a alimentação saudável”, comentou.

Matéria: Cléia Seles
Imagens: Cléia Seles

0
Seja o primeiro a comentar!
Escreva aqui seu comentário...