Falso Nutricionista é condenado a 8 anos de regime fechado

O Conselho Regional de Nutricionistas da 8ª Região (CRN-8) tomou conhecimento da conduta do falso profissional em junho de 2016, por denúnicias que levaram à investigação e apuração de indícios de prática indevida de prescrição dietética, atividade privativa do nutricionista, na cidade de Ponta Grossa, no estado do Paraná.

A realização de fiscalização "in loco" constatou a irregularidade e o CRN-8 encaminhou a denúncia ao Ministério Público, resultando no julgamento e condenação do falso nutricionista a 8 anos e 4 meses de reclusão em regime fechado, por falsificação e venda de medicamentos sem registro, omissão da qualidade de produtos indicada aos clientes e indevido exercício da profissão.

As atividades de assistência nutricional e prescrição dietoterápica são privativas do nutricionista devidamente registrado no Conselho Regional de Nutricionistas, conforme a Lei 8.234/1981, não podendo ser exercidas por estudantes de Nutrição, profissionais de outras áreas da Saúde ou leigos em geral. Para Alexsandro Wosniaki CRN-8 3823, Presidente em exercício do CRN-8, a parceria com o MP tem sido fundamental para coibir a atuação irregular da profissão. "Essa parceria fortalece as instituições e traz proteção para a sociedade. O Conselho tem essa importate função, a de regular o exercício profissional, e o Ministério Público reconhece essa importância e tem colaborado de forma efetiva na tarefa de investigar e punir quem exerce a profissão de nutricionista irregularmente, causando danos à saúde da população".

O CRN-8 esclarece que ao procurar um nutricionista é importante consultar o numero do CRN do profissional e, para maior segurança, consultar se é inscrito no Cadastro Nacional dos Nutricionistas no site do Conselho Federal de Nutrição (CFN). Há, ainda, a opção de telefonar para o CRN-8, no número (41) 3224 0008.

0
Seja o primeiro a comentar!
Escreva aqui seu comentário...